CinemaXunga

Desde 24 de Junho de 2003

Dead Meat (2004)

deadmeat

O vírus das vacas loucas sofre uma mutação e é passada para a raça humana através de uma vaca enraivecida e diabólica. Dois turistas perdem-se na Irlanda rural e, num bizarro acidente, acabam por se encontrar rodeados de zombies. Cabe a Desmond, o coveiro local, ajudar a bela Helena numa luta de morte ou… morte. Mas sobreviver no campo infestado de zombies não é fácil, pior ainda quando um exército de vacas zombie (loucas, of course) ameaça encurtar substancialmente a vida aos nossos amigos. Conseguirão eles escapar a esta situação complicada? O que é que isso interessa? Desde que haja carnificina zombie de série B, numa produção quase caseira, recheada de humor negro!…

Zombies da Irlanda? Bem, é um conceito um bocado puxado, se excluirmos o Saint Patrick’s Day. Bem, eu já vi um filme de duendes do Japão, por isso acho que não são situações de estranhar. Dead Meat é um dos 10 filmes de terror com o mesmo nome existentes no planeta e é também o primeiro filme de zombies da Irlanda. Não é propriamente um filme original de conceitos, mas é definitivamente um filme divertido e despretencioso. Toda a premissa gira em torno de um ataque por parte de uma vaca raivosa a um inocente e pacato agricultor. Como todos sabem, estas coisas infectam e amigo infecta amigo. A certa altura já exércitos de zombies cobrem a zona.

Sem dúvida que a mais valia deste filme são as suas influências. Neste caso Bad Taste e Evil Dead. O trabalho técnico de planos, câmaras e fotografia é importado de Evil Dead. Também o conceito de “Floresta Viva” é aqui revisitado. De Bad Taste temos a astúcia de complementar maus (e baratos) efeitos especiais com uma boa dose de humor negro. Os personagens também estão interessantes, sendo o coveiro (essa emblemática profissão)o herói de serviço. Aqui não se poupam nem crianças nem animais, uma vez que são estes os mais violentos safardanas do filme.

É divertido e curto. Infelizmente tem uma actriz principal com bastante potencial de febra e acaba por andar sempre vestida. Pior, passa dois terços do filme com um casaco que a cobre da cabeça ao pés. E o decote?, perguntam vocês. Bem, na maioria dos casos seria uma opção a seguir, mas aparentemente na Irlanda separam as coisas, quem quer ver carne morta, vê terror, quem quer ver carne viva, opta por quantidades industriais de DVDs porno distribuídas à porta das escolas secundárias por duendes bêbedos.

1 Comment

  1. O último parágrafo resume e distingue logo muita coisa :)))

Leave a Reply

© 2019 CinemaXunga

Theme by Anders NorenUp ↑

%d bloggers like this: