CinemaXunga

Desde 24 de Junho de 2003

Proposta de guião para a Warner Brothers

Ideia para filme arraçado de BD: Um arqueólogo encontra um túmulo perto do Vale dos Reis, Egipto. Ao entrar na câmara proibida encontra duas maldições: a do Escaravelho de Mármore preto e outra que não consegue decifrar. Anos mais tarde começa a aperceber-se que está a ficar com poderes. Transforma-se no Homem-Escaravelho, capaz de criar e enviar quantidades incríveis de excrementos acomodada sob a forma de bolas. De dia é o mais notável arqueólogo do planeta, de noite combate o crime atirando gigantescas bolas de merda paralisantes ou explosivas. O seu esconderijo é na pirâmide de Gizé, onde tem um exército de 200.000 hamsters a produzir energia eléctrica e toneladas de fezes para os seus gadgets…

Apaixona-se por uma psicóloga no desemprego que tem visões que envolvem hipopótamos num glaciar azteca, a boiar ao largo de Pernambuco. O Homem Escaravelho, apesar de poderoso combatente do crime, acaba por não agradar muito à opinião pública por deixar as ruas cheias de merda, após longas horas de combate ao crime. O seu Nemesis aparece. Chama-se Super-Higiénico e tem o poder de limpar quantidades astronómicas de merda em 5 minutos. Apesar da intensa guerra de palavras, ambos combatem a injustiça, logo nunca se encontram pessoalmente, pois comunicam por email.

A psicóloga desempregado descobre algo na personalidade do Homem Escaravelho. De início pensa que ele descende de uma longa linhagem de hipopótamos aztecas, mas logo descobre que ele e o arqueólogo são a mesma pessoa, uma vez que a única diferença parece ser uma bandolete castanha a aparar o cabelo, que o arqueólogo não usa.

Depois de uma intensa batalha final que decorre algures entra a baixa do Cairo e a zona rica de Beverly Hills, o Homem Escaravelho combate o super vilão oriental Xam-Poo (leia-se Xam-pú), alter ego do multimilionário maléfico Phrise Straw Berry, que entre outras coisas é também manager de Pedro Tochas e detentor de 51% da Água Campilho. Homem Escaravelho é inicialmente derrotado, mas depois Super-Higiénico limpa o sarampo (literalmente) a Xam-Poo, que descobre que a origem de toda a sua malvadeza provém de uma rara mutação de uma doença comum, o sarampo.

Numa reviravolta da história (mal explicada) a psicóloga descobre que Homem Escaravelho e Super Higiénico são a mesma pessoa, porque o arqueólogo tem dupla personalidade. Quase a acabar, e antes das despedidas, descobre-se ainda que afinal ele tem tripla personalidade e a psicóloga é também a mesma pessoa dos heróis anteriores. Afinal todo aquele sexo não passou de masturbação. Depois descobre-se ainda que afinal o terrível Xam-poo era fruto da imaginação do doente arqueólogo com multiplas personalidades e que fartou-se de encher cidades de merda para nada. Depois descobre-se que afinal ele nem sequer era arqueólogo, era apenas uma prostituta com sífilis de 16 anos chamada Magda que ataca ali para os lados de Queluz.

NOTA: Este ensaio foi escrito em 2005 depois de ter visto o Fantastic Four, num ataque de fúria perfeitamente compreensível. O guião está à venda. Aceitam-se licitações. 😉

3 Comments

  1. Mainstream português! :p

    Abraço
    Cinema as my World

  2. Já estou a imaginar isto em 3D!!! @_@
    BRILHANTE!

  3. Ideias estupidas e similares é connosco, embora a tua escrita seja muito melhor, o que me faz ser um assiduo seguidor do teu blog. continua o bom trabalho!

    http://cine-revista.blogspot.com/2009/10/cheira-bem-cheira-estrume.html

Leave a Reply

© 2019 CinemaXunga

Theme by Anders NorenUp ↑

%d bloggers like this: