CinemaXunga

Desde 24 de Junho de 2003

The Expendables (2010)

“Matar” é o novo “amar”. E nada diz amor como alguém a ser cortado em dois por um lança granadas antes do créditos iniciais. São estes gestos de carinho para com um público sedente dos seus heróis de infância que fazem de Expendables o guilty pleasure deste verão. Tudo bem que às vezes parece demasiado digital, mas sempre é melhor do que gramar semana após semana de homossexualidade reprimida de heróis Marvel em collants, maquilhagem e vigorosa mariquice .

Desenganem-se aqueles que ocorrem às salas em busca da iluminação espiritual e cinematográfico, porque se Expendables é um fabuloso festival de ultra-violência gratuita a sua narrativa tem pontos de implosão que além de inverterem todas as leis da lógica, fazem colapsar qualquer tentativa de compreensão ao ponto de se pensar “Que se foda. Mataaaança!”.

Sou um ávido activista anti-politicamente correcto e da limpeza moral que graza actualmente o cinema Hollywoodiano. Tudo pode afectar as nossas criancinhas. Sexo então, é como se não existisse. Como se um adolescente que esgalha o pessegueiro 12 vezes por dia não soubesse da existência da escondida arte do pinocanço.

Stallone, com 65 anos, um pouco mais estático que o habitual, lá vai esventrando tripas e degolando intrépidos soldados sul-americanos genéricos um pouco mais lentamente do que nos anos 80, mas o trabalho vai-se fazendo. Dolph Lundgren é um bom sociopata com sintomas de bipolaridade, condição que não impede uma saudável tendência para a chacina, Jet Li quase invisível apagadíssimo, Jason Statham idolatra em tempo real os seus heróis de infância e um Mickey Roarke guru ao estilo de Charlie (dos anjos).

30 anos depois podemos comparar Bruce Willis com Mickey Roarke, que em tempos foram considerados “separados à nascença”, mas hoje em dia temos um Willis que parece ter envelhecido normalmente apesar das plásticas e um Rourke que parece ter estado no mesmo compartimento de Hulk quando as coisas correram mal.

Expendables é o que é. Matança, falta de lógica e porrada de ponta a ponta. Lutas com facas como antigamente e uma explosão de esteróides como não há memória. Muito engraçado o cameo de Schwarzenegger, pejado de private jokes e referências às obras de ambos.

8 Comments

  1. Tenho de ir ver isto. Um filme de cacetada à antiga faz muita falta nos tempos que correm. Espero que um dia se respeite os grandes cineastas série b dos anos 80. E por falar nisso, vou fazer aqui um abuso deixando a minha nova bosta, algo que poderá – ainda que improvavelmente – interessar a meia-dúzia de tipos/tipas que tenham passado umas horas valentes em frente à TV nos sábados à espera da “sessão dupla”! São os meus filmes de merda: http://filmesdemerda.tumblr.com/

  2. Isto eh a biblia caralho!!!!

    Porrada, cacetada e muita matança é o que o caralho dos vampiros e cães lá do twilight necessitam de levar nos cornos!!

    BIBA O STALLONE E O ARNOLD!!!!

  3. é isso. expendables é filme que sabe o que quer, o que é e cumpre a sua obrigação. e se assim não fosse era uma bela merda.

    acho é que demora a carburar…a parte porreiraça é quando os gajos chegam de vez à ilha. E diga-se que o stalonne é gajo que sabe filmar. Há por ali alguns planos bem porreiros e que denotam cuidado e bom gosto porra.

  4. Vou ver esta semana e depois venho cá dizer de minha justiça…
    Mas só com esta mitica frase: “Que se foda. Mataaaança!”… já estou convencido que é um excelente filme! =)

  5. Nem o Bruce Willis escapou ao teu habitual sarcasmo?! Este não é o género de filmes dele, nem de ‘companheiros’. Por isso, é natural que pareça deslocado…Mas não me digas que não cresceste a ver o Die Hard…e que ‘devoravas’ cada cena, hein?! Pois é…amnésia?

  6. Miguel Arsénio

    October 6, 2010 at 12:57 pm

    Excelente apreciação. Eu adorei o Expendables. Não conhecia o blogue, mas fiquei fã em 9 minutos.

  7. Bruno Marcondes

    October 9, 2010 at 11:45 pm

    Esse é O FILME desse ano!

  8. Este filme vai levar os oscares todos (até o de melhor filme de animação). Quero ver quem é que diz que não ao Sr. Stallone e aos outros “armários” deste filme!

Leave a Reply

© 2019 CinemaXunga

Theme by Anders NorenUp ↑

%d bloggers like this: