CinemaXunga

Desde 24 de Junho de 2003

Angels and Demons (2009)

angelsanddemons

De Meruge a Sameice, Portugal inteiro fala de Anjos e Demónios. Seja porque leram, viram, ouviram falar qualquer coisa ou porque simplesmente agarram opiniões por osmose, todos lhe enumeram religiosamente os defeitos. Quando o realmente mau Código DaVinci apareceu, a opinião geral foi um “humm!” (com a boca de lado, como quem espera que outros falem primeiro). Desta vez que a sequela (prequela, merdela) é apenas um normal filme mau, atiram-se todos ao ar como se estivessem à espera de alguma coisa de jeito.

Eu li e gostei do livro “Código DaVinci”. É um produto de puro entretenimento e não fiquei com vontade de incendiar igrejas nem de violar freiras com os dados manhosos supostamente reais. Nada disso, é um livro divertido, todo armado em cinematográfico e acima de tudo levezinho. O filme, por seu lado, é uma interminável agonia, como se um violento ataque de tédio no sugasse a vida por todos os poros.

Anjos e Demónios aparece neste contexto de baixas expectativas, com toda a gente a saber perfeitamente a bela merda que lá vinha. E como bela merda que é acabou por não desiludir ao saber qual o seu lugar na História do entretenimento: um filme levezinho de acção, pouco coerente e divertido, com estupidez quanto basta para umas risadas (umas programadas outras não) e do qual nos esquecemos mal saímos da sala e uma avalanche de marketing pós-multiplex nos suga a atenção para um poster com uma gaja com as mamas quase de fora.

E é assim que deve ser visto este filme. Não me posso pronunciar sobre nenhum aspecto porque nem me lembro já muito bem de quase nada. Sei que havia um Tom Hanks com cabelinho à “foda-se” e uma jeitosa com aspecto frígido e uma total ausência de tensão sexual… Nada de mamas.

1 Comment

  1. Portugal é pequeno mas de Meruge a Sameice são apenas 10Km de estrada merdosa passando por Santa Eulália.
    Quanto ao Anjos e Demónios, para ver a cara de agonia do Tom Hanks como se tivesse permenentemente um enorme desconforto no recto bastou-me o Código Da Vinci.

Leave a Reply

© 2019 CinemaXunga

Theme by Anders NorenUp ↑

%d bloggers like this: