CinemaXunga

Desde 24 de Junho de 2003

Tag: 1984

This is Spinal Tap (1984)

this-is-spinal-tap

Num episódio de Parker Lewis Can’t Loose no início dos anos 90, Mike (o roqueiro musculado de inteligência limitada) perguntava horrorizado a Parker Lewis “Documentário? O que raio é um documentário?”. Parker, com a sua paciência descontraída e a infinita amizade por Mike respondeu “Bem Mike, um documentário é um rockumentário, mas sem rock.” Mike, afável bonacheirão, encolhe os ombros e eleva ligeiramente as sobrancelhas num esgar de compreensão. É de rockumentários que vamos falar hoje, mais precisamente do rockumentário de todos os rockumentários, ainda que em versão mocumentário, o lendário “This is Spinal Tap”que retrata a dura realidade da maior banda ficcionada de todos os tempos.

Continue reading

Red Dawn (1984)

Uma das maiores ameaças à nossa felicidade é quando alguém nos quer desvalorizar as ilusões. Pequenas coisas que mantemos à tona da consciência sem forçar o raciocínio sobre as razões da sua existência, pois sabemos que se podem tornar tóxicas ou desinteressantes levando à desintegração de algumas das memórias de sensações que nos fizeram felizes. Isto acontece frequentemente a nós, os chorões dos anos 80, que encontramos em cada memória de infância uma caixinha de surpresas, que pode ser uma confirmação de algo realmente significante ou o constatar que andámos quase 30 anos a idolatrar uma bela poia de merda fumegante.

The Adventures of Buckaroo Banzai Across the 8th Dimension (1984)

O género cinematográfico “alienígena escaganifobético” não é um exclusivo dos últimos anos. Cada época, cada cinematografia ou onda tendencial tem os seus exemplares. The Adventures of Buckaroo Banzai Across the 8th Dimension é um delírio dos anos 80, uma obra de tão genial bizarria que não podemos evitar fazer constantemente a pergunta “Como é que alguém autorizou tal coisa?”. Rock star, neurocirurgião, físico quântico, herói da banda desenhada e aventureiro. Apresento-vos Buckaroo Banzai, herói nipo-americano capaz de salvar o planeta Terra das garras dos demoníacos seres da oitava dimensão, todos chamados John.

Continue reading

Ninja III: The Domination (1984)

Nos anos 80 havia uma produtora , que por si só, produziu mais toneladas de filmes xunga do que qualquer outra na história. E não falo de xunga foleiro e que se esquece facilmente, falo de xunga inesquecível e cujo humor involuntário nos acompanha através dos tempos, qual memória recalcada que aparece sempre em momentos incómodos, como reuniões do conselho de administração ou funerais de pessoas que até nem conhecíamos muito bem. Essa produtora / distribuidora era a Golan/Globus, normalmente em associação com a Cannon Film Distributors.

Continue reading

Conan, The Destroyer (1984)

Tempos houve em que Arnold não era um puritano republicano com as peles descaídas como um velho Shar Pei. Dispensava algum do seu tempo livre ao consumo de esteróides e hormonas de bufalo. Era também um brutamontes semi-mudo usado em filmes a cada vez que se precisava de uma abominação da natureza sob a forma de alguém com caracteristicas sobre-humanas. Na altura fez 2 filmes da saga Conan, um era o Bárbaro outro era o Destruidor. A minha ZonBox gravou-me este último no canal Hollywood. Tem piada que não me lembrava de quase nada. Julgava que era o da Brigite Nielsen e afinal era o da Grace Jones. Venha o diabo e escolha. Continue reading

Kelly LeBrock – The Woman In Red

Tempos houve em que um frondosa e saudável pintelheira era um sinal de forte erotismo. Lembrei-me disto porque meti a minha ZonBox a gravar “A Mulher de Vermelho” que passou no Hollywood. Comecei a ver o filme e saltei imediatamante para a cena que me ficou cravada no cérebro dos tempos de adolescente: a pintelheira.

Como as coisas mudam! Agora parecia-me que a senhora estava a dar à luz um Jackson Five.  E por falar em mudar, não resistia a fazer a pindérica comparação do “Then and Now” sob a forma de uma colagem lado a lado. A imagem da pintelheira está como prémio para quem clicar em “Read More” ou “Ler Mais” (quando conseguir instalar a tradução para esta porcaria)… Continue reading

© 2019 CinemaXunga

Theme by Anders NorenUp ↑