CinemaXunga

Desde 24 de Junho de 2003

Tag: rtp

RTP2, please don’t go…

rtp2

As minhas relações com a RTP2, ou o 2º canal como era conhecido, não começaram da melhor maneira. A razão do nosso desentendimento era a teimosia dos seus programadores em passar ópera e teatro. Ora, é verdade que são nobres vertentes artísticas que enaltecem a alma e possibilitam pequenas fugas à realidade que o nosso cérebro aprecia, mas para um miúdo de 5 anos não passa da uma parede de ruído sonoro e visual cuja única função é bloquear o acesso ao programa do Vasco Granja. Isto nos finais dos anos 70, início dos anos 80, quando o primeiro canal nos dava meia dúzia de horas de programação e o segundo nos massacrava o cérebro com velhas gordas a chiar e uns pastelões num cenário de cartão a tentar perceber quem matou o patriarca no jantar de Natal. Mas isto mudou, quando a RTP começou a passar uns filmes antigos (já para o final dos anos 70) que eu e o meu pai papávamos com redobrado deleite. Algumas das memórias mais felizes da minha infância (antes de entrar na primária) são os filmes King Kong e The Incredible Shrinking Man em que o meu pai me lia as legendas porque eu ainda não sabia sequer rabiscar o nome.

Continue reading

Geração “Borra Piças” – Cidade Despida

É triste, tão triste que a cada vez que a industria televisiva (e cinematográfica) queira fazer um produto diferente para as massas recorra a clichés americanos para encher uma hora de puro lixo, criando um produto que em nada se identifica com a realidade portuguesa e que mais parece aquelas brincadeiras que os putos fazem quando compram câmaras de filmar, só que com melhores meios e menos criatividade. Aqui temos um produto que nos fala de um serial killer (rir!) e de uma detective toda MILF que anda agachada em edificios abandonados de arma em riste e faz piruetas de carro em perseguições a canalhada criminosa em fuga. E no final de tudo, depois de muitos minutos de risadas involuntárias eis que compreendemos que estamos no mesmo ponto onde estávamos há 30 anos atrás. Apesar dos meios, da tecnologia e do talento, porque há talento em Portugal, levamos com um versão reciclada, recauchutada, mais colorida da Vila Faia original, só que desta vez há menos pessoas de bigode.

Continue reading

Noite Escura (2004)

Quando eu tinha 6 anos queria ser bombeiro. Com 1o anos queria ser astronauta, mas de um império maléfico. Mas aos 16 anos a minha ambição desmedida de gerir uma casa de putas consumia-me por dentro. As coisas correram noutra direcção e acabei por ter uma profissão banal, apesar de também haver putas na minha linha de trabalho. Choro frequentemente antes de adormecer a pensar no meu sonho perdido. Mas agora que vi Noite Escura de João Canijo percebo que administrar um bordel não é tão glamoroso como pode parecer à primeira vista.

Continue reading

Riscos (RTP) – Memória Xunga

riscos

Nos idos anos 97/98 havia uma série na RTP que pode ser considerada hoje a mãe de todas as séries juvenis. Duplamente mãe, uma vez que foi a primeira a inserir altas doses de melodrama e cada um dos episódios dava para fazer uma novela de 12o capítulos pelos standards actuais. Foi esta série que inventou a adolescente toxicodependente grávida seropositiva lésbica suicida sem-abrigo que está à beira de um aborto porque foi espancada pelo namorado nazi alcoólico em público, no hall de entrada da escola. E isto tudo antes do intervalo.

Continue reading

© 2019 CinemaXunga

Theme by Anders NorenUp ↑