Desde 24 de Junho de 2003

Tag: bd

The Preacher – Banda Desenhada

preacher2

Os códigos audiovisuais que regem aquilo a que chamamos “um bom filme” não se confinam ao âmbito do cinema. Muitas vezes temos muito mais qualidade de entretenimento na banda desenhada. Enquanto que as variáveis para sacar lucro de um filme são tantas que reduzem um potencial bom filme a um patético esforço, na banda desenhada os limites são praticamente inexistentes. Há muito que a BD deixou de ser apenas histórias de super-heróis travestidos de licra para crianças e adolescentes e abriu um fabuloso mundo a todos aqueles que se fartaram de esperar por uma mudança significativa na 7ª arte.

Continue reading

X-Men Origins: Wolverine (2009)

wolverineorigins

É um facto bem sabido que os produtores da infindável saga X-Men mandaram às urtigas as definições das BDs em prol de uma contínua festarola de explosões, efeitos especiais e cenas aleatórias de palermice. Mas por muito idiota e fútil que seja este filme, temos que lhe louvar uma proeza: finalmente alguém percebeu que os fatos de latex e borracha negra das BDs não ficam bem no grande ecran. Aquilo que nos livros transforma um homem num super-herói, no grande ecran transforma um homem num escravo sexual especializado em sado-masoquismo, que de dia trabalha nas finanças de Évora e à noite gosta de apanhar umas chibatadas nos tomates com um dildo African King alojado no pacote.

Continue reading

Jesus Christ – In the Name of the Gun (BD)

jc01

Os caminhos da descoberta que me levam aos lados mais negros da banda desenhada alternativa por vezes surpreendem-me com paisagens únicas. Descobri, entre outras coisas, que por vezes podemos encontrar séries de BD que dariam excelentes filmes para públicos constituídos por mim e mais… 16 ou 17 pessoas! Jesus Christ é uma BD que não vai certamente agradar aos mais religiosos, mas que é um deleite para quem tiver a mentalidade mais aberta a experiências visuais alternativas.

Continue reading

Watchmen (2009)

watchmen

Se numa dimensão alternativa os Super Heróis banidos da sociedade só vestissem os seus fatos para mandar umas berlaitadas? Será que o Super Homem ao mandar uma queca na Lois Lane não lhe provoca estragos graves no aparelho reprodutor? Quer dizer, uma verga de aço não deve ser coisa fácil de aguentar! E se por acaso o Super Homem quisesse praticar um bocadinho de dickslapping? Não correria o risco de lhe arrancar a cabeça pela raíz de modo a que ficasse apenas uma massa cerebral ensanguentada a escorrer pela parede? Infelizmente estas questões não são respondidas em Watchmen que se concentra em coisas mais sérias: a ultra-violência com estilo e a negridão da condição humana!

Continue reading

Marvel Zombies Vs Army of Darkness

marvelzombies

No que diz respeito a banda desenhada sou aquilo a que se chama um trolha. Leio ocasionalmente mas não tenho conhecimento enciclopédico nem paciência, diga-se. Cada vez que vou a uma loja de BD e faço perguntas sou sempre recebido com aquele ar de “Que monte de merda é este que nem sabe que o Homem Aranha perdeu um testítulo na batalha com o Homem Azeiteiro no Marvel Idiots Nº244.” Mas de Evil Deads e Ash percebo eu e é um regalo para o olho ver Ash novamente a esquartejar o Homem-Aranha, Wolverine, o Quarteto Fantástico, etc, sendo todos eles zombies. Um sonho de infância tornado realidade.  A cereja no topo do bolo é a aparição de Howard The Duck (Zombie, claro!) a comer um cérebro como se fosse uma tacinha de doce da casa.

The Dark Knight (2008)

darknight

Umas palavrinhas rápidas, porque já tudo foi dito.

Agora que a agitação passou, decidi dar umas palavrinhas acerca de Dark Knight, recentemente elevado à categoria de Intocável. Intocável no sentido Brian de Palma e não no sentido “casta indiana pobrezinha”. Quer queiramos quer não, é muito difícil de nos abstrairmos da parte emocional que ligará para sempre este filme a Heath Ledger. É difícil ver este filme em modo standalone, pelo seu próprio mérito. Tem algum, bastante! Mas, meus amigos, não tem todo o mérito que lhe foi atribuído aquando da estreia.

Continue reading

© 2022 CinemaXunga

Theme by Anders NorenUp ↑