CinemaXunga

Desde 24 de Junho de 2003

Category: A Velha Escola

A classe de outras gerações

Paul Verhoeven no set de Starship Troopers.

O realizador Paul Verhoeven atravessa um campo de carnificina no set de Starship Troopers.

image

River Phoenix, 1986

image

River Phoenix e os colegas no set de Stand Bye Me em 1986.

image

Nota-se que os efeitos especiais são bons quando as fotos casuais dos making ofs são tão realistas como as cenas do filme em questão. Aqui um jovem Spielberg prepara a magia que meses mais tarde nos haveria de meter chorar como putéfias arrependidas. Nesta foto parece que ET se encontra enfadado de esperar eternamente que acabem de preparar a cena e não será alheio às constantes viagens ao carrinho da vodka.

 

 

wayne

John Wayne corta um bolo para celebrar 40 anos a fazer cinema. A foto foi tirada na estreia de True Grit (1969), realizado por Henry Hathaway e protagonizado pelo próprio Duke. A acompanhar a lenda estavam  Lee Marvin, Clint Eastwood, Rock Hudson, Fred MacMurray, John Wayne, James Stewart, Ernest Borgnine, Michael Caine e Lawrence Harvey. No bolo está escrito “The Big Trial -1929” de Raoul Walsh, o seu primeiro filme como protagonista e “True Grit –  1969”. Curiosamente True Grit valeu-lhe o único Oscar da carreira, uma espécie de Lifetime Achievement Award.

Todas as mulheres heterosexuais tiveram que ser mantidas a mais de 1000 metros de distância sob o risco de se incendiarem e desintegrarem perante tal massa crítica de virilidade. Ainda assim centenas de moradoras das redondezas apareceram grávidas sem nunca terem provado o fruto do coito.

A Velha Escola

madmax

Mad Max foi um low budget (a fugir para o No Budget) que se transformou num sucesso internacional a quebrar todos os records do cinema australiano e a fazer de George Miller um mestre artesão. A dinâmica das filmagens foi uma das principais razões do sucesso, a sensação de “estar lá” no meio da acção. Isto só foi possível graças a uma equipa de cameramans com nervos de aço e testículos de titânio , como se pode ver na imagem de cima. Coloco aqui também a cena completa onde foi usada esta audaz filmagem.

A Velha Escola

gb

O making of de uma cena icónica de Ghostbusters em que os técnicos de efeitos especiais aproveitam para acariciar as rijas carnes de Sigourney Weaver. Correu um rumor na Internet de que o gajo que lhe apertou uma mama era o marido dela. Não me parece, no entanto, que aquele meia leca penteado como um vendedor de automóveis fosse capaz de controlar esta toura endiabrada.

A Velha Escola

kubrick-x

Uma das polaroids de continuidade de The Shining. Neste caso era usado para garantir que a cena continha os mesmos elementos e que estavam na mesma posição quando se retomava a filmagem no dia seguinte. A indicação aqui é que se deva retirar aquela caneca branca. Jack Nicholson, como sempre, em forma. E Kubrick, como sempre, à beira de um enfarto do miocárdio.

A Velha Escola

 

hays

Cinéfilos mais atentos já devem ter-se deparado com cenas de insinuação sexual, violência ou moral debochada em filmes antigos e terão perguntado a si próprios “como é isto possível num filme de 1929?“. No inicio dos anos 30 a famosa MPAA achou que havia algum descontrolo por parte das produções de cinema dos estúdios de Hollywood. Demasiado sexo, profanidade, álcool e violência.Um horror! Um dia, enquanto snifava cocaína das costas de um escravo tailandês e era oralmente aliviado por duas prostitutas menores, um director da MPAA terá decidido criar um código de conduta e ética de referência obrigatória. Havia de se acabar com os exageros dos filmes. “Coxas? Ligas à vista? Fumar e beber? Não, não…“, vociferava o director da MPAA nos eventos de “tiro ao negro” organizados pelos colegas do KKK. “Isto há-de acabar. E é já!“. E foi nessa noite, depois de um jantar de bifinhos de Panda e creme de golfinho, que decidiu escrever o código que haveria de mutilar irreversivelmente a criatividade de Hollywood.

Continue reading

John Carpenter

Antes que o remake nos venha violar novamente as memórias do belo cinema que nos fez ficar colados para sempre aos anos 80, fica este belo snapshot com o mestre dos mestres e o seu mandarim que haveria de dar nome à tradução portuguesa do título do filme, que era “Jack Burton nas Garras do Mandarim”. O título original todos sabemos qual é.

A Velha Escola

Citizen Kane foi um filme inovador a muitos níveis e continua ainda hoje a ser uma referência na escola do impacto visual da sétima arte. No entanto tenho falado com muito noviço que se recusa a vê-lo por uma miríade de razões, todas elas relacionadas com a omnisciência da juventude. Deixo aqui umas capturas para que possamos admirar o hipnótica mestria visual de um jovem estreante de 25 anos que viria a mudar o paradigma da cinefilia, criando ondas de choque que ainda hoje continuam a influenciar gerações inteiras de realizadores. Oremos.

Citizen Kane

Continue reading

arnold

O nosso paizinho Arnold Schwarzenegger mostra o recém adquirido certificado de cidadania Norte-Americana em 1983. Ao seu lado a sempre radiante Maria Shriver que mais tarde haveria de ser sua esposa e incorporar nos seus ovários as sementes dos descendentes de Crom.

A Velha Guarda

monroe

Marilyn Monroe com 20 anos, a segunda a contar da esquerda. Na realidade ainda se chamava Norma Jeane Dougherty e estava a começar a sua carreira no show business com outras 4 modelos. 1946.

A Velha Guarda

© 2017 CinemaXunga

Theme by Anders NorenUp ↑