Desde 24 de Junho de 2003

Tag: aliens (Page 3 of 3)

Chewbacca morreu, viva Chewbacca (à sexta!)

chewbaccafuneral

Para qualquer um de nós, pessoas normais, o universo Star Wars cinge-se a 6 filmes (2 trilogias), alguns jogos PC e consolas, a série Clone Wars e, no máximo dos máximos, o filme “Ewoks: The Battle for Endor” (1985). Mas para os mais duros Fanboys o universo alarga-se a uma imensidão de BDs, livros e enciclopédias de informação extremamente periférica. E todas essas publicações são aprovadas por George Lucas e contabilizados em termos de História de Star Wars. Outra coisa que pouca gente sabe é que Chewbacca morre num desses livros, tornando-se assim o primeiro grande personagem (dos good guys) a morrer no Star Wars.

Continue reading

Star Trek (2009)

startrek2009

Existem situações em que somos iludidos por estímulos externos tão fortes que nos toldam a livre arbítrio. Várias vezes vi filmes que me pareceram tão fantásticos que passados 15 minutos já estava eu a dizer que um novo clássico instantâneo ou um nova maravilha da sétima arte tinha chegado. Na maior parte das vezes revi o filme meses depois e apercebi-me que tinha sido enganado. Que fiquei tão ofuscado pelos artifícios visuais e som hipnótico do cinema que nem me apercebi de imediato que aquela suposta obra prima era na realidade uma bela merda.  Por isso esperei este tempo todo para escrever sobre Star Trek, para lavar o deslumbre dos meus iludidos olhos.

Continue reading

Alien Trespass (2009)

alientrespass

Imaginem a abertura de um restaurante com grande pompa publicitária e quando as pessoas correm aos magotes para lá jantar o cozinheiro diz: “Contemplem a grande novidade, a tosta mista!”. E a malta com olhar desconfiado perguntava: “Com manteiga?“. “Não…” responde o cozinheiro. “Olha que merda!“, responde a populaça, “Agora até já as fazem de atum e em pão alentejano. Os maricas até as comem com ananás.” Ao fundo um cidadão irado grita “Uma hora para fazer uma tosta? Fica sabendo, meu paneleirinho, que já vi uma máquina automática que as faz em 30 segundos…” Ao que o cozinheiro responde “Mas é uma homenagem com os meios de 1956…”

Continue reading

Barbarella (1968)

barbarella_04

O que é um filme de culto? Bem, um filme é considerado de culto quando reune um grupo de pessoas sem vida social para o ver o maior número de vezes que conseguem, e se possível, bêbedos. São aquele filmes antigos (e por vezes recentes) que fazem vibrar pessoas de óculos de massa e com quantidades massivas de tempo livre. Lembro-me de um filme que via com exaustão. Chamava-se “Green Slime” e era uma ópera halucinogénica dos anos sessenta com monstros verdes do espaço e gajas de mini-saia. Cada vez que alguem me dizia “Mas isto é uma merda!“, eu respondia com o cerimonial “Amigo, isto é um filme de culto“. Isto provocava sempre um aliviar de situação em que a outra pessoa dizia “Ah, Ok!” e voltava a adormecer.

Continue reading

Brokeback Mountain 2 – Chewbacca à Sexta

chewbaccar2d2

Estas fotos foram encontradas numas calças de ganga de Chewbacca, esquecidas numa lavandaria da província de Mantikii, em Coruscant. Supõe-se que tenha sido tirada numa excursão ao Santo António de Dagobah, para cumprir uma promessa que Chewbacca terá feito quando se viu prestes a ser comida de verme às mãos de Jabba The Hut. Não se sabe o que faria com C3PO mas decerto não seria nenhuma missão diplomática. No entanto é de notar de C3PO além da capacidade de dominar 6 milhões de formas de comunicação teria ainda uma adenda no seu manual de instruções chamada “Como activar o modo de alívio manual“, seguido da frase em letras minúsculas “se é que me estou a fazer entender!

Knowing (2009)

knowing

Se me fosse dado um tractor carregado de estrume e uma catapulta (propulsora de estrume, obviamente!) e me fosse dito “Rapaz, podes usar esta carga de estrume para metralhar um ecran de cinema durante um filme. Escolhe-o sabiamente, pois só…“. Ainda o agricultor não tinha acabado de falar e garanto-vos que já ia eu a entrar por um cinema Zon Lusomundo adentro com os olhos raiados de sangue, a espumar pela boca e uma carga de estrume prestes a forrar o fronha do Nicolas Cage numa fumegante amálgama de merda de vaca…

Continue reading

Freezer Burn: The Invasion of Laxdale (2008)

Freezer Burn: The Invasion of Laxdale (2008) Canadá, aquele país semi transparente que vive na sombra dos Estados Unidos da América e que sofre quase sempre do síndrome de associação com o vizinho de baixo, normalmente em coisas más. Mas este é um país diferente, que além do man-child Tom Green tem também um sentido de humor proprietário  limitado às suas fronteiras internas. Freezer Burn é um filme que arranca gargalhadas de 10 em 10 segundos no país natal e aqui entre nós tem tanta piada como o episódio piloto do “Eu Show Nico”.

Continue reading

Equipa de Futebol de Salão de Chewbacca

wookiee-warriors

Esta semana no “Chewbacca à Sexta” temos acesso a uma rara fotografia da equipa de futebol de salão de Chewbacca. Apesar de ser amadora e se juntarem apenas às terças para treinar e beber umas cervejolas, a equipa já ganhou alguns troféus em competições de futebol de salão um pouco por toda a Galáxia. Da esquerda para a direita e de cima para baixo: Arriahab, Mallacuk, Kerrypirr, Graorral, Shorryyhn, Chewbacca e o treinador Isshchiir de Almeida Vaz.

Terminal Invasion (2002)

terminalinvasion

Alguma vez disse aqui que Bruce Campbell era o maior? Provavelmente já. Acontece que o facto de Bruce Campbell ser o maior (The Man!) não faz com que instantaneamente os filmes em que participa sejam bons por osmose. Terminal Invasion é um filme que vive de Bruce e da sua queda para as oneliners e carnificina. Nesta caso extra-terrestres. Pelo menos é o que dizem ser aqueles vultos desfocados que aparecem por vezes no ecrã por 14 milissegundos.

Continue reading

Aliens vs Predator – Requiem (2007)

O Requiem é uma oração católica em favor das almas do Purgatório. Reza assim: “Dai-lhes, Senhor, o descanso eterno, E a luz perpétua os ilumine, Descansem em paz.” seguida de umas pessoas a tossir e um Amen reverbante nas paredes da uma velha igreja, na presença de três viuvas, uma delas a dormir profundamente… E se a ironia fosse uma lei da física em vez de um reles estratagema de comunicação, era para lá que este franchise se dirigia: Purgatório. Mas conhecendo Hollywood como conheço ainda ia haver o Alien Vs Predator Vs Jason Vs Freddy Vs Hitler Vs O padeiro gay do Bonanza que morreu a brincar com um pónei.

Continue reading

Newer posts »

© 2021 CinemaXunga

Theme by Anders NorenUp ↑